Quero aumentar os meus seios, mas só vou colocar a prótese depois de engravidar e ter o bebê. Essa é uma frase muito utilizada por mulheres que adiam o sonho de colocar próteses de silicone nos seios por medo que elas atrapalhem o processo de amamentação quando elas tiverem filhos.

Amamentação e Próteses de Silicone

Mas será que as próteses atrapalham mesmo a amamentação?

As próteses de silicone são colocadas atrás da glândula mamária e a cirurgia não provoca nenhum tipo de lesão aos ductos lactíferos logo as estruturas responsáveis pela produção e pelo transporte do leite permanecem intactas.

O avanço de estudos e tecnologias relacionadas à cirurgia plástica é constante. Atualmente existem diversas técnicas de colocação e de tipos de próteses que influenciam cada vez menos no funcionamento normal do organismo e que proporcionam recuperações mais rápidas e com menos dor.

amamentar

Algumas mulheres podem sentir alteração na sensibilidade dos seios, sentindo mais ou menos o processo de amamentação, mas isso não prejudica a alimentação do bebê. Para as mulheres que se tornam mais sensíveis, e sentem algum desconforto, geralmente é recomendado o uso de conchas de silicone para auxiliar o processo de amamentação.

Ruptura da Prótese e Contratura Capsular

A contratura é uma reação comum do organismo, que forma uma cápsula no objeto estranho (no caso a prótese) para isolá-lo do restante do organismo. Esse processo pode deixar a prótese mais dura, espessa e em alguns casos causar dor.

Embora exista o risco de a mulher sofrer com a contratura capsular, esse é um problema bem raro, apenas 2% dos pacientes que colocam algum tipo de prótese sofrem com esse problema, que em alguns casos é resolvido apenas com medicação.

Atualmente as próteses são mais resistentes, o que evita ruptura e dobras, e feitas com materiais que são mais aceitos pelo organismo, diminuindo os casos de contratura e fazendo com que os pacientes possam ficar mais tempo com a mesma prótese.

protese

Precauções

Como em toda cirurgia é fundamental se certificar que o profissional que está lhe atendendo é qualificado, competente e se está credenciado para fazer o procedimento, isso vai ajudá-la a garantir sua segurança e prevenir danos.

A conversa com o cirurgião plástico também é fundamental e irá lhe ajudar a encontrar a opção de cirurgia mais adequada para o seu caso.

Se você pensa em engravidar, é importante conversar com o seu cirurgião, pois existem opções mais indicadas para quem ainda vai amamentar, como a colocação da prótese feita pelas axilas ou pelo sulco mamário (limite inferir dos seios).

Contra indicações

Não é recomendada a colocação de próteses para as mulheres que pretendem engravidar nos 6 meses subsequentes à cirurgia, isso porque o processo de gravidez e lactação fará com que os seios da mulher aumentem de número e isso pode atrapalhar o processo de cicatrização da cirurgia.

bebe

A cirurgia também não é indicada para mães de bebês pequenos, de colo, mesmo que esses não estejam amentando, por causa da recuperação pós-operatória. É necessário repouso relativo nos primeiros cinco dias, a paciente não deve carregar peso e deve limitar a movimentação dos braços, orienta-se que a paciente não eleve os braços acima do nível dos ombros por duas semanas, para evitar o movimento do músculo que provocaria mais dor e desconforto, e risco de atrapalhar o processo de cicatrização.

Conclusão

As próteses de silicone não prejudicam a amamentação, mas é fundamental que você procure um profissional competente e especializado, isso irá garantir sua segurança e o melhor resultado para a cirurgia.

Você deseja fazer uma cirurgia de prótese de silicone? Faça agora mesmo sua pré-consulta.