A maternidade é um momento único na vida da mulher. Mas uma preocupação que cerca a maioria das mulheres nessa fase é: “meu corpo vai voltar a ser como antes da gestação?”.

Afinal, você já cansou de abrir revistas e sites na internet e ver famosas com aquele corpo impecável poucos meses após dar a luz. Algumas têm a sorte de ter a genética como sua aliada, outras recorrem a tratamentos estéticos não-invasivos e ainda as que preferem a cirurgia plástica.

A recuperação da forma física depende de alguns fatores, uma boa genética,  cuidados com  ganho de peso durante a gestação, uma alimentação balanceada, exercícios físicos e uma boa hidratação da pele, podem ajudar bastante na recuperação do corpo.

Mesmo com todos esses cuidados e a manutenção de hábitos saudáveis, algumas mulheres permanecem descontentes com o próprio corpo. Nesses casos, a cirurgia plástica ajuda a resgatar a autoestima e o corpo de antes.

Cirurgia Plástica Pós-Parto

 

 

Listamos algumas das perguntas mais frequentes quando o assunto é cirurgia plástica pós-parto:

Quais os principais procedimentos procurados pelas mulheres, após a gravidez?

O principal procedimento procurado ainda é a lipoaspiração, seguida da cirurgia de mamas e a abdominoplastia, que remove a gordura localizada no abdômen e a flacidez de pele ao redor da região do umbigo.

Qual o prazo recomendado para realização de algum procedimento após o parto?

Logo após o parto o corpo da mulher continua passando por alterações hormonais, então o ideal é que a mulher realize uma cirurgia plástica pelo menos 12 meses após a gestação ou seis meses após parar de amamentar. Após esse período, o corpo está mais equilibrado do ponto de vista hormonal, garantindo melhores resultados.

O implante de silicone nas mamas pode interferir na amamentação?

A cirurgia plástica de mamas pode sim interferir na amamentação, principalmente nas plásticas redutoras de mama. Durante a cirurgia pode-se acontecer a perda dos ductos da mama, os canais responsáveis por conduzir o leite. A cirurgia apenas de aumento com silicone não altera a chance de amamentar.

A cirurgia plástica pode remover estrias?

Estrias são cicatrizes profundas na derme, e a remoção ou não depende do local onde elas estão e do aspecto da pele. Estrias na parte inferior do abdômen (abaixo do umbigo) até podem ser removidas com uma abdominoplastia. Não é possível intervir cirurgicamente em estrias localizada nos seios, por exemplo. Mas o melhor em todos os casos é a avaliação do médico.

A mulher pode realizar algum dos tratamentos de rejuvenescimento facial após o parto?

A regra é a mesma que de outros procedimentos, qualquer procedimento que seja necessária anestesia deve ser feito somente após o término da amamentação.

A cirurgia plástica íntima também é bastante procurada, porém pouco comentada por se tratar de um assunto delicado e pessoal.

A remodelação da área vaginal logo após um parto normal, em alguns casos é necessária, pois durante o parto pode acontecer a ruptura dos músculos, ocasionando a flacidez.

É importante atentar para os cuidados pós-cirúrgicos de cada procedimento, pois em sua maioria é necessário repouso e é restrito o levantamento de peso por determinado período, o que pode ser um desafio com um bebê em casa.

Outro ponto importante é que o médico e a paciente conversem sobre os planos de uma nova gestação. Pois uma nova gravidez irá interferir nos ganhos obtidos com a cirurgia plástica, principalmente de abdômen e mama. Por isso, é recomendado que mulheres que desejam engravidar num futuro próximo adiem a cirurgia plástica para depois da gestação.

Cirurgia plástica pós-parto. Em caso de dúvidas procure um especialista.

 

CONHEÇA MAIS SOBRE ESSES PROCEDIMENTOS