Ele é pequeno e muitas vezes passa despercebido pela maioria, mas para algumas pessoas o umbigo é motivo de insatisfação e até vergonha.

Seja pelo formato, excesso de pele, flacidez após gestação, resultado insatisfatório de uma cirurgia plástica ou problemas como hérnias, por exemplo.

Onfaloplastia*Imagem da internet.

Mas, o que a maioria das pessoas não sabem, é que elas podem recorrer à uma cirurgia plástica para remodelar o umbigo.

A Umbilicoplastia

Conhecida como Onfaloplastia ou também Umbilicoplastia, a cirurgia estética do umbigo é indicada nos casos onde há excessos de gordura ou flacidez na região.

umbilicoplastia*Imagem da internet.

Fato este que pode ocorrer logo após a gravidez ou após uma grande perda de peso em pessoas obesas.

Umas das técnicas mais comuns consiste em desenhar a incisão cutânea que será feita. Essa incisão pode ser de diversas formas: circular, vertical, horizontal, em cruz, semicircular, quadrangular etc.

Por meio dessa incisão o Cirurgião Plástico irá remover o excesso de gordura e tecido, remodelando o umbigo para um formato mais atraente e natural, levando em conta o perfil corporal do(a) paciente.

A cirurgia dura em média de 1 a 2 horas, mas vai depender se ela estará associada ou não a outra cirurgia.

Pré-operatório

No pré-operatório, normalmente são pedidos exames gerais e específicos para saber como está a saúde clínica do(a) paciente.

Entre eles, poderão estar incluídos hemograma e exames cardiovasculares, entre outros.

Também é importante respeitar o jejum, não fumar ou ingerir bebidas alcoólicas e evitar comidas gordurosas nos dias que antecedem o procedimento.

Pós-operatório

Os pontos, que ficam localizados em círculo, ao redor do umbigo ou dentro da cavidade umbilical, são retirados na maioria das vezes em até 15 dias. É muito comum que a região apresente edemas e hematomas.

cirurgia-do-umbigo

*Imagem da internet.

O tempo de recuperação varia muito se a intervenção foi ou não acompanhada de outras cirurgias, como a hérnia umbilical ou abdominoplastia. Ambos os casos implicarão em um período mais longo para a recuperação.

O uso de faixa ou cinta modeladora é indicado. Além disso, o(a) paciente deverá evitar esforço físico, por pelo menos uma semana.

Após isso, o(a) paciente estará apto(a) a retomar suas atividades, podendo realizar exercícios físicos somente depois de um mês de cirurgia.

Ainda tem dúvidas sobre esse procedimento? Marque uma consulta com um cirurgião plástico e esclareça todas as suas dúvidas. Ligue no (48) 3024-0479 ou (48) 99107-7654 para marcar sua consulta ou preencha sua pré-consulta online.